Última hora

Última hora

Os cinco nomeados para o Óscar de melhor documentário. Qual é o favorito?

Em leitura:

Os cinco nomeados para o Óscar de melhor documentário. Qual é o favorito?

Tamanho do texto Aa Aa

O filme de Asif Kapadia sobre Amy Winehouse é um dos candidatos de peso ao Óscar de melhor documentário. A partir de vídeos, fotografias e numerosos

O filme de Asif Kapadia sobre Amy Winehouse é um dos candidatos de peso ao Óscar de melhor documentário. A partir de vídeos, fotografias e numerosos testemunhos, o realizador britânico retrata a curta mas fulgurante carreira da cantora britânica falecida aos 27 anos. A obra mostra a vulnerabilidade de Amy Winehouse perante o sucesso planetário e questiona o papel do pai da cantora.

Na categoria melhor documentário, concorrem ao Óscar dois filmes produzidos pelo serviço de televisão pela Internet Netflix. “What Happened, Miss Simone?” descreve a vida de Nina Simone e o seu empenho na luta pelos direitos civis nos Estados Unidos. A realizadora Liz Garbus ilustra a longa carreira e o talento da cantora e pianista norte-americana com imagens de concertos e entrevistas.

Joshua Oppenheimer volta a ser nomeado para o Óscar de melhor documentário graças ao trabalho documental sobre a purga anticomunista na Indonésia. “The look of Silence” rompe o silêncio em torno dos massacres de 1965-66 que tiraram a vida a 500 mil pessoas, antes da transição para a nova ordem liderada por Suharto.

O documentário “Cartel land” retrata a revolta de dois grupos de cidadãos, no México e nos Estados Unidos, contra os cartéis da droga. O filme de Matthew Heineman segue a vida quotidiana de um médico mexicano, líder do grupo ‘Autodefensas’. O objetivo do coletivo mexicano é lutar contra um poderoso cartel da droga e fazer justiça face à inação das autoridades. Ao mesmo tempo, nos Estados Unidos, um veterano do exército luta pelos mesmos objetivos e tenta impedir que as guerras da droga atravessem a fronteira.

O segundo nomeado ao Óscar de melhor documentário produzido pela Netflix mergulha o espetador na revolução ucraniana. O documentário “Winter on Fire: Ukraine’s Fight for Freedom”, de Evgeny Afineevsky, retrata o período de 93 dias, entre 2013 e 2014, durante o qual um movimento de estudantes se transformou numa revolução. O realizador norte-americano nascido na Rússia quis mostrar a solidariedade entre os cidadãos e o apoio da Igreja durante a revolução ucraniana.

A cerimónia de entrega dos Óscares está marcada para 28 de fevereiro.

Lista dos nomeados para o Óscar de melhor documentário

“Amy”, Asif Kapadia, Altitude Film

“Cartel Land”, Matthew Heineman, The Orchard

“O Olhar do Silêncio”, Joshua Oppenheimer, Cinephil

“What Happened, Miss Simone?”, Liz Garbus Netflix

“Winter on Fire: Ukraine’s Fight for Freedom”,Evgeny Afineevsky, Netflix