Última hora

Última hora

ESA lança satélite "sentinela" para vigiar mudanças climáticas

A “sentinela” dos oceanos e das mudanças climáticas já se encontra em órbita. A Agência Espacial Europeia lançou esta terça-feira o terceiro satélite

Em leitura:

ESA lança satélite "sentinela" para vigiar mudanças climáticas

Tamanho do texto Aa Aa

A “sentinela” dos oceanos e das mudanças climáticas já se encontra em órbita. A Agência Espacial Europeia lançou esta terça-feira o terceiro satélite do programa europeu Copérnico, batizado Sentinel-3A.

O engenho, que descolou do cosmódromo russo de Pletsek, vai analisar e cartografar o planeta durante os próximos sete anos para compreender os efeitos do aquecimento global.

Segundo Volker Liebig, diretor do programa de observação terrestre da ESA:

“Com o sentinel-3A queremos fazer o mesmo que se fez há 35 anos na área da meteorologia. Este satélite vai permitir-nos ter uma visão mais global, os instrumentos a bordo funcionam em baixa resolução para que possamos acompanhar o estado do planeta a cada dia que passa”.

O satélite vai permitir cartografar as mudanças no nível do mar, a contaminação dos oceanos, a espessura dos gelos, mas também os índices de vegetação, bem como detetar incêndios florestais.

Segundo a ESA todos os dados vão ser disponibilizados, de forma gratuita, a todos aqueles que queiram manter um olho sobre o planeta.