Última hora

Última hora

A caça ao gás metano

Em leitura:

A caça ao gás metano

Tamanho do texto Aa Aa

A missão ExoMars arranca em março rumo ao Planeta Vermelho para procurar mais indícios de gás metano. Porquê? A resposta de Ann Carine Vandaele

A missão ExoMars arranca em março rumo ao Planeta Vermelho para procurar mais indícios de gás metano. Porquê? A resposta de Ann Carine Vandaele, responsável pelo NOMAD, um dos instrumentos que vai partir a bordo da ExoMars.

Vandaele começa por salientar que o metano “é um gás importante, associado a fenómenos biológicos na Terra.” Tendo sido apurada a sua presença em Marte, mas não a sua origem, o mistério subsiste, até porque “ainda não temos elementos suficientes para afirmar se há ou houve vida em Marte”, realça esta cientista.

“Dentro da caixa [NOMAD] há três espetrómetros que vão analisar a composição da atmosfera, sobretudo o metano”, explica-nos. “Já houve outros instrumentos, noutras missões, a medirem o metano em Marte: o Curiosity, o PFS no Mars Express, ou mesmo observações a partir da Terra. Mas as dúvidas continuam a existir. A ExoMars vai resolver de uma vez por todas a questão da proveniência deste gás através dos instrumentos específicos que criámos.”