Última hora

Última hora

Suíços votam em referendo deportação imediata de estrangeiros criminosos

“Implementação de segurança, finalmente”. A mensagem dos cartazes do SVP, o partido popular suíço, apela ao sim no referendo da deportação imediata

Em leitura:

Suíços votam em referendo deportação imediata de estrangeiros criminosos

Tamanho do texto Aa Aa

“Implementação de segurança, finalmente”. A mensagem dos cartazes do SVP, o partido popular suíço, apela ao sim no referendo da deportação imediata dos estrangeiros que tenham cometido um crime grave ou dois menores em 10 anos.

A lei já existe, aprovada por cerca de 53% dos votos em 2010, mas o SVP afirma que a versão parlamentar a suavizou prevendo a intervenção dos tribunais se a deportação se provasse uma medida demasiado dura.

O cumprimento à letra da lei colide com direitos humanos e com a Circulação Livre de Pessoas acordado com a União Europeia.

O Conselho Federal e o Parlamento opõem-se ao que poderia causar incerteza nas relações bilaterais com o mais importante parceiro comercial da Suíça.

Nascer em território nacional não confere automaticamente a cidadania suíça. Com uma população de 8.2 milhões, estima-se que mais de um quarto da população nacional seja estrangeira.