This content is not available in your region

Suíços votam em referendo deportação imediata de estrangeiros criminosos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Suíços votam em referendo deportação imediata de estrangeiros criminosos

<p>“Implementação de segurança, finalmente”. A mensagem dos cartazes do <span class="caps">SVP</span>, o partido popular suíço, apela ao sim no referendo da deportação imediata dos estrangeiros que tenham cometido um crime grave ou dois menores em 10 anos.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/SVP?src=hash">#SVP</a> is using this poster to back the initiative of kicking out foreigners who have been convicted of a crime <a href="https://twitter.com/hashtag/Nazis?src=hash">#Nazis</a> <a href="https://t.co/ik5bKyQ8sj">pic.twitter.com/ik5bKyQ8sj</a></p>— peiratestouoneirou (@Peiratesoneirou) <a href="https://twitter.com/Peiratesoneirou/status/696608519181746176">February 8, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p><a href="http://www.swissinfo.ch/por/iniciativa-para-implementa%C3%A7%C3%A3o_discuss%C3%A3o-sobre-a-implementa%C3%A7%C3%A3o-literal-da-peti%C3%A7%C3%A3o-popular/41921782">A lei já existe, aprovada por cerca de 53% dos votos em 2010, mas o <span class="caps">SVP</span> afirma que a versão parlamentar a suavizou</a> prevendo a intervenção dos tribunais se a deportação se provasse uma medida demasiado dura.</p> <p>O cumprimento à letra da lei colide com direitos humanos e com a Circulação Livre de Pessoas acordado com a União Europeia. </p> <p>O Conselho Federal e o Parlamento opõem-se ao que poderia causar incerteza nas relações bilaterais com o mais importante parceiro comercial da Suíça.</p> <p>Nascer em território nacional não confere automaticamente a cidadania suíça. Com uma população de 8.2 milhões, estima-se que mais de um quarto da população nacional seja estrangeira.</p>