Última hora

Última hora

Grécia: Porto de Pireu continua a receber milhares de refugiados

Enquanto milhares de pessoas se acumulam nas fronteiras do norte da Grécia, o porto de Pireu – o mais importante do país, junto a Atenas – viu chegar

Em leitura:

Grécia: Porto de Pireu continua a receber milhares de refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto milhares de pessoas se acumulam nas fronteiras do norte da Grécia, o porto de Pireu – o mais importante do país, junto a Atenas – viu chegar na manhã desta segunda-feira mais 2000 migrantes e refugiados.

Apesar das restrições fronteiriças, para a maioria o objetivo é rumar a norte, em direção ao “sonho europeu”. Ainda no porto grego, grupos de refugiados manifestaram-se para pedir à Macedónia que abra as passagens e permita que sigam para o norte da Europa.

Questionado acerca do fecho das fronteiras, um sírio explica que não pode “fazer nada”, mas acrescenta que continua a querer “seguir caminho, porque talvez algo aconteça e a situação mude”. Diz que “talvez a fronteira esteja aberta” quando lá chegar e pede a “ajuda de Deus”.

Um iraquiano afirma estar “preocupado e com medo” e diz que apenas quer “sobreviver e encontrar a paz”.

As autoridades inauguraram recentemente dois novos centros de acolhimento com capacidade para duas mil pessoas na Grécia continental e disponibilizaram antigas instalações olímpicas a sul da capital para os refugiados, ao mesmo tempo que Atenas pediu à União Europeia fundos de emergência para enfrentar a crise migratória sem precedentes.