Última hora

Última hora

Preço do dinheiro na Zona Euro desce para os 0,0%

A taxa de juro diretora da Zona Euro desceu para os 0%, num gesto inédito do Banco Central Europeu.

Em leitura:

Preço do dinheiro na Zona Euro desce para os 0,0%

Tamanho do texto Aa Aa

O refinanciamento dos bancos junto do Banco Central Europeu custa agora zero. Num gesto inédito, o BCE decidiu baixar a taxa de juro diretora para os 0,0 por cento, o que significa que os juros para pedir empréstimos, para os particulares, vão também estar ao nível mais baixo de sempre.

Point of view

As taxas vão manter-se baixas, muito baixas, durante um longo período. Não prevemos que tenham de ser descidas ainda mais.

Para o presidente do BCE, Mario Draghi, esta é uma medida que se vai manter por algum tempo: “As taxas vão manter-se baixas, muito baixas, durante um longo período. Não prevemos que tenham de ser descidas ainda mais”. Ainda mais, ou seja, para valores negativos. Esta medida faz parte do pacote anunciado hoje pelo Conselho de Governadores do BCE para estimular a economia da Zona Euro.

Outra medida é o aumento da compra de dívida pública e privada, que passa dos 60 para os 80 mil milhões de euros por mês: “Decidimos incluir as obrigações em euros emitidas por empresas não-bancárias estabelecidas na Zona Euro na lista de ativos a ser comprados regularmente”, explicou Draghi.

O BCE decidiu ainda um corte na taxa de depósitos bancários, ou seja, dos juros pagos aos bancos por depositar dinheiro no BCE. O valor era já negativo, nos -0,3% e passou agora para os -0,4%, ou seja, os bancos vão ter de pagar para ter dinheiro no BCE. No entanto, há benefícios na medida, como acrescentou Draghi: “Para os bancos que excedem o limite de empréstimos, a taxa aplicada vai ser mais baixa e pode ser tão baixa como a taxa aplicada aos depósitos na altura em que o empréstimo foi feito”.