Última hora

Última hora

Retrospetiva da obra de Yoko Ono em Lyon

Em leitura:

Retrospetiva da obra de Yoko Ono em Lyon

Tamanho do texto Aa Aa

O Museu de Arte Contemporânea de Lyon exibe uma retrospetiva da obra de Yoko Ono. Os primeiros trabalhos conceptuais em exposição datam de 1952, ano

O Museu de Arte Contemporânea de Lyon exibe uma retrospetiva da obra de Yoko Ono. Os primeiros trabalhos conceptuais em exposição datam de 1952, ano em que a artista japonesa se instalou em Nova Iorque.

Point of view

A artista diz algo fundamental em relação à arte e à sociedade, diz que somos responsáveis. Para mudar as coisas é preciso parar de acusar o outro e assumir a sua própria responsabilidade.

O público pode ver a série de vídeos experimentais que causaram polémica nos anos 60, nomeadamente, o filme nº 4, onde Yoko Ono mostra imagens de nádegas. A retrospetiva inclui as obras realizadas em colaboração com John Lennon, como a campanha pacifista “War is over! if you want it”, de 1969.

“A artista diz algo fundamental em relação à arte e à sociedade, diz que somos responsáveis. Para mudar as coisas é preciso parar de acusar o outro e assumir a sua própria responsabilidade”, frisou Thierry Raspail, diretor do Museu de Arte Contemporânea de Lyon.

A exposição inclui a instalação “Ex It” que reúne cem caixões de madeira, de onde brotam árvores de fruto. Outro trabalho importante: uma série de mais de mil fotografias de olhos de mulheres, acompanhadas por textos que descrevem a violência de que foram alvo.

A retrospetiva dedicada à obra de Yoko Ono intitula-se “Luz da Alvorada” (“Dawn Light”) e pode ser visitada no Museu de Arte Contemporânea de Lyon, em França, até 10 de julho.