Última hora

Última hora

The Corner: United vence duelo de Manchester, Buffon e Lewandowski batem recordes

Inglaterra e Holanda estão em destaque esta semana no nosso magazine de futebol. Mas falamos também de Itália, da Alemanha e uma vez mais do Euro2008

Em leitura:

The Corner: United vence duelo de Manchester, Buffon e Lewandowski batem recordes

Tamanho do texto Aa Aa

Inglaterra e Holanda estão em destaque, esta semana, no The Corner, o magazine semanal sobre futebol da euronews, mas há mais para descobrir em Itália, Alemanha e Espanha. A caminho do Euro2016, regressamos ao torneio realizado entre a Áustria e a Suíça para recordar a equipa surpresa desse torneio e fechamos com o vídeo de uma curiosa invasão de campo em Barcelona (ver vídeo no final do programa, em cima).

Iniciamos a ronda deste fim de semana pela “Premier League” e com o principal duelo no cartaz da : a visita do Manchester United e o Estádio Etihad, a casa do rival, Manchester City. Aposta de sucesso do treinador holandês Louis van Gaal, Marcus Rashford, de apenas 18 anos, acabou por ser o homem do jogo.

Aos 16 minutos, o prodígio dos “red devils” assinou o único golo do dérbi. O United venceu e colocou-se a apenas um ponto do City, quarto classificado. A provável futura equipa de José Mourinho tem os mesmos 50 pontos do West Ham. A futura equipa de Pep Guardiola soma 51 e já tem 15 de atraso para o surpreendente líder da Liga inglesa.

O Leicester deslocou-se nesta 31.a jornada ao campo do Crystal Palace, venceu por 0-1, e mantém-se no primeiro lugar, com mais 5 pontos que o Tottenham, segundo. Os “Spurs2 receberam e venceram o Bournemouth, por 3-0. O Arsenal visitou o Everton, venceu 2-0 e continua em terceiro.

Num dos jogos mais emocionantes da ronda, o Liverpool esteve a ganhar 2-0 em Southampton, mas a equipa de José Fonte e Cédric Soares deu a volta e acabou por vencer 3-2, surgindo em 7.°, a 3 pontos do United e do West Ham, que, por fim, empatou (2-2) na visita ao dececionante campeão Chelsea.

Ajax “saca” liderança ao PSV em Eindhoven

O jogo cabeça de cartaz na Liga holandesa foi a receção do campeão e então líder PSV ao segundo classificado e vice-campeão, o Ajax. A equipa de Amesterdão pode ter feito este sábado o jogo da época na decisão do título.

Logo aos dois minutos, o polaco Arkadius Milik abriu o marcador para os “lanceiros”. Os atuais campeões não só não conseguiram empatar a partida como ainda permitiram ao Ajax chegar ao segundo golo, na segunda parte. Após uma recuperação rápida da bola ainda no meio-campo ofensivo, um excelente movimento coletivo foi concluído de forma eficaz pelo holandês de ascendência marroquina Anwar El-Ghazi.

O Ajax é agora o novo líder da “Eredivise”, com mais dois pontos que o PSV, a seis jornadas do fim do campeonato. O Feyenoord é terceiro, a 19 pontos do primeiro lugar.

Os protagonistas do fim de semana

Três momentos históricos, dois positivos e um negativo, preenchem a rubrica dos protagonistas da semana. Começamos por Gianluigi Buffon. O guarda-redes bateu, aos 38 anos, um recorde com mais de duas décadas na Liga italiana de futebol. O “keeper” da Juventus completou 974 minutos sem sofrer golos e ultrapassou em 45 minutos o anterior máximo, na posse de Sebastiano Rossi, do AC Milan, e estabelecido na temporada de 1993/94.

Na Alemanha, Robert Lewandowski marcou em Colónia e chegou aos 25 golos na “Bundesliga”. O avançado polaco, de 27 anos, ultrapassou o italiano Luca Toni (24 golos, em 2007/08) como melhor marcador estrangeiro da história do Bayern de Munique numa só temporada.

Para se tornar no melhor marcador estrangeiro do campeonato de alemão numa só temporada, Lewandowski terá de ultrapassar, nos 7 jogos que faltam, os 29 golos marcados por Klaas-Jan Huntellar, em 2011/12, pelo Schalke 04. Faltam 4 para empatar com o holandês.

Nas contas europeias desta época, o polaco do Bayern ocupa a 5.a posição na corrida à Bota de Ouro, que é liderada pelo brasileiro Jonas, do Benfica, com 29 golos. Curiosamente, os dois avançados vão defrontar-se nos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e o argentino Gonzalo Hinguaín (Nápoles) estão em segundo, com 28 golos.

Pela negativa, esta semana, destacamos o Atlético de Madrid. A equipa de Diego Simeone foi derrotada, por 2-1, no terreno do penúltimo classificado da Liga espanhola, o Sporting de Gijón. O desaire permitiu ao líder Barcelona ganhar mais um ponto e ainda aproximação dos rivais do Real Madrid.

Os catalães empataram a 2 golos na visita ao Villarreal e os “merengues” golearam em casa o Sevilha, por 4-0. Apenas um ponto separa agora, respetivamente, o segundo do terceiro, com o primeiro a beneficiar agora de uma vantagem de 9 pontos sobre os “colchoneros.”

A caminho do Euro2016: a surpresa de 2008

Na nossa caminhada de memórias rumo ao Euro2016, a realizar este ano em França, regressamos esta semana uma vez mais ao torneio de 2008, organizado entre a Áustria e a Suíça. Depois de já aqui termos destacado há uma semana o triunfo da Espanha, desta vez vamos focar-nos na grande surpresa da prova ao acabar em terceiro lugar.

Tudo começou com uma derrota, por 2-0, com Portugal, em Genebra, com golos de Pepe e Raul Meireles. Um desaire que a Turquia colocou rapidamente de parte, fechando o grupo A em segundo, após triunfos tangenciais sobre a Suíça (2-1) e a República Checa (3-2).

Nos quartos-de-final, os turcos eliminaram a Croácia nas grandes penalidades (3-1) após um empate a um golo em 120 minutos de futebol. Nas meias-finais, a Turquia encontrou a Alemanha e começou a dar asas ao sonho de uma primeira presença na final de uma grande competição de futebol com um golo aos 22 minutos assinado por Ugur Boral.

Os germânicos deram, contudo a volta ao marcador através de Schweinsteiger e Miroslav Klose. Aos 86 minutos, Semih Şentürk ainda empatou e um prolongamento parecia estar no horizonte turco. O alemão Philip Lahm não deixou. Sobre o tempo regulamentar, o lateral concluiu da melhor forma uma boa jogada coletiva, colocou a Alemanha na final e selou o terceiro lugar da Turquia, ao lado da Rússia, vencida pela Espanha na outra meia-final.

A bola de cristal da euronews aponta às seleções

No próximo fim de semana, os campeonatos nacionais na Europa assinalam a derradeira pausa da temporada para dar lugar a jogos internacionais. É altura de afinar as seleções para o Europeu de França. Dos vários jogos em cartaz, incluindo os duelos de Portugal com a Bulgária (sexta-feira) e Bélgica (terça-feira), elegemos três jogos para tentarmos adivinhar os resultados.

Eis os alvos desta semana da nossa bola de cristal e o respetivo prognóstico:

  • Itália — Espanha, 1-1;
  • Holanda — França, 2-0;
  • Alemanha — Inglaterra, 3-1.

Se quiser participar também neste jogo do adivinha, entre nas nossas redes sociais e partilhe os seus prognósticos juntando a “hashtag” #TheCornerScores.