Última hora

Última hora

Síria: Míssil terra-ar abate avião militar de Assad

O disparo de um míssil terra ar abateu um avião de reconhecimento das forças de Bashar al-Assad, numa zona a sul da cidade de Alepo. O piloto

Em leitura:

Síria: Míssil terra-ar abate avião militar de Assad

Tamanho do texto Aa Aa

O disparo de um míssil terra ar abateu um avião de reconhecimento das forças de Bashar al-Assad, numa zona a sul da cidade de Alepo.

O piloto conseguiu ejetar-se mas terá sido capturado pelo braço da al-alqaida na síria a Frente Al-Nusra.

A informação foi avançada pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A supremacia aérea da coligação governamental, onde se inclui a Rússia, tem sido fundamental para a reconquista de posições.

A autoria dos disparos não é ainda conhecida.

Entretanto, informações veiculadas pela agência de notícias estatal síria, Saana, e que não estão confirmadas, o grupo Estado Islâmico terá usado gás mostarda contra forças governamentais na cidade de Deir Ezzor.

As armas químicas terão sido utilizadas num ataque contra o aeroporto militar da capital da província como mesmo nome, que é fundamental para os jihadistas, já que se situa entre o bastião Raqa e a fronteira iraquiana.

O gás mostarda — que provoca dificuldades respiratórias, cegueira momentânea e bolhas dolorosas — já foi utilizado pelo Estado Islâmico na Síria e no Iraque, segundo várias informações de responsáveis norte-americanos, observadores e militantes sírios.