Última hora

Em leitura:

Nuria Espert é a vencedora do Prémio Princesa das Astúrias das Artes

mundo

Nuria Espert é a vencedora do Prémio Princesa das Astúrias das Artes

Publicidade

Nuria Espert, atriz espanhola de cinema, teatro e televisão e diretora de ópera foi distinguida com o Prémio Princesa das Astúrias das Artes, esta quarta-feira.

O primeiro de oito galardões – artes, comunicação e humanidades, ciências sociais, investigação científica e técnica, desporto, literatura, cooperação internacional e concórdia -, que a Fundação Princesa das Astúrias atribui todos os anos em Oviedo, Espanha.

“Nuria Espert é uma das mais proeminentes figuras do palco mundial. Projetou internacionalmente a literatura e a criação teatral (clássica e contemporânea) espanhola durante a sua carreira dilatada, que a conduziu ao triunfo em palcos por todo o mundo”, afirmou o presidente do júri, o empresário José Lladó.

A atriz nasceu em Hospitalet de Llobregat, Barcelona, no dia 11 de junho de 1935. Começou a estudar teatro aos 16 anos, enquanto realizava cursos de música e de línguas. O primeiro grande êxito surgiu no início da carreira, aos 17 anos, após substituir a atriz Elvira Noriega, na peça de teatro Medeia.

No ano passado, com quase 80 anos, interpretou, em catalão, o “O Rei Lear”, de William Shakespeare no teatro Lliure de Barcelona, sob a direção de Lluis Pasqual.

Nuria Espert recebeu o Prémio Nacional de Teatro em 1984 e foi premiada com a medalha de ouro do Círculo de Bellas Artes de Madrid em 2009.

Nuria Espert juntou-se, esta quarta-feira, à lista de artistas premiados em edições passadas, da qual fazem parte Norman Foster, Woody Allen ou Bob Dylan.

O Prémio das Artes destina-se a premiar pessoas ou instituições no domínio do cinema, teatro, dança, música, fotografia, pintura, escultura, arquitetura e outras formas de arte. Este ano foram apresentadas 40 candidaturas de 21 países. Entre as personalidades que se candidataram estão o norte-americano James Turrell, um pioneiro no uso da luz nas suas criações, e o compositor estónio Arvo Pärt.

O galardão, constituído por uma escultura de Joan Miró e uma verba de 50 mil euros, será entregue em outubro, no Teatro Campoamor, numa cerimónia presidida pelos reis de Espanha.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte