Última hora

Em leitura:

Síria: Primeira ajuda internacional a Deraya não inclui mantimentos

mundo

Síria: Primeira ajuda internacional a Deraya não inclui mantimentos

Publicidade

A cidade rebelde de Deraya, na Síria, sitiada pelo regime, recebeu esta quarta-feira a primeira ajuda humanitária internacional em quatro anos.

Uma operação que coincide com o intensificar dos bombardeamentos de todos os atores no terreno, que provocaram a morte de pelo menos 42 civis, nas últimas 24 horas.

Pelo menos 11 civis morreram durante vários ataques das forças do regime e da aviação russa contra a região rebelde de Aleppo, depois de mais de 120 bombardeamentos registados ontem.

A coligação liderada pelos EUA teria morto pelo menos 6 civis, depois de ter lançado uma nova ofensiva contra posições do grupo Estado Islâmico, em Manbij, junto à fronteira turca.

Nos arrredores de Damasco, a cidade rebelde de Deraya recebeu hoje a primeira ajuda humanitária internacional desde o cerco imposto pelo regime em Novembro de 2012.

As autoridades locais decretaram uma trégua de 48 horas na localidade para acolher a caravana humanitária que, segundo as primeiras informações, não inclui mantimentos para as mais de 8 mil pessoas isoladas na localidade.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte