Última hora

Em leitura:

França: Cheias ameaçam reservas do museu do Louvre em Paris

mundo

França: Cheias ameaçam reservas do museu do Louvre em Paris

Publicidade

As chuvas torrenciais que atingem o centro da Europa já provocaram pelo menos 10 mortos, em França e Alemanha, desde o início da semana.

Na zona da Baixa Baviera, nos arredores de Munique, as equipas de resgate recuperaram esta manhã uma quinta vítima das cheias do rio Inn, uma mulher de 75 anos, na localidade de Simbach.

A zona tinha sido atingida ontem por uma tromba de água, depois de 35 litros de chuva terem caído em menos de seis horas, provocando a morte de quatro pessoas e isolando centenas.

Chuva vai prosseguir durante o fim de semana

Berlim declarou ontem o estado de calamidade pública na zona, quando as intempéries ameaçam igualmente derrubar um dique nos arredores de Dusseldorf.

Segundo o meteorologista Corentin Fourneau, do Instituto Real de Meteorologia da Bélgica:

“O que é atípico é o volume de precipitação que é excecional nesta estação. E esta situação deverá prosseguir durante o fim de semana para registar uma melhoria no início da próxima semana, da Alemanha, para o oeste da Europa”.

Em França, o governo prepara-se para declarar o estado de catástrofe natural em várias povoações nos arredores de Paris, a partir de quarta-feira, na sequência da subida das águas do Sena e dos seus afluentes.

As chuvas torrenciais provocaram até agora a morte de uma mulher de 86 anos, a sul de Paris, quando mais de 21 mil pessoas se encontram sem eletricidade no centro de França.

A capital encontra-se em alerta para a subida das águas do Sena que se encontram quatro metros acima do nível normal.

A situação levou a municipalidade a encerrar o acesso às margens, assim como várias linhas do comboio suburbano.

O museu do Louvre anunciou entretanto que vai encerrar as suas portas, na sexta-feira, para poder pôr a salvo as reservas subterrâneas do museu junto às margens do rio.

O museu d’Orsay, na outra margem do Sena, anunciou igualmente que vai encerrar na sexta-feira por causa das cheias.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte