Última hora

Em leitura:

Brexit: Produtores britânicos de Vinho do Porto olham referendo com apreensão

mundo

Brexit: Produtores britânicos de Vinho do Porto olham referendo com apreensão

Publicidade

Os produtores britânicos de Vinho do Porto olham com apreensão para o referendo de quinta-feira que decide a permanência do Reino Unido na União Europeia.

Para o presidente executivo da Taylor’s, Adrian Bridge, que há quatro séculos produz o néctar do Douro, a saída do país do grupo dos 28 vai provocar instabilidade no mercado mas o referendo pode permitir à União Europeia repensar o futuro.
“Chegámos a este ponto, um ponto crítico, um ponto sério que de certeza vai ter consequências caso a Inglaterra saia. Mas para mim é um ‘wake up call” para a Europa”, afirma o empresário.

A presidente executiva da Churchill’s, Emília Campos, mostra-se mais negativa e acredita que os negócios sairão prejudicados, em especial por causa da queda da libra esterlina.

“Não estamos preparados para uma libra a cair na ordem dos 15%. Não estamos preparados para toda a recessão que vai acontecer… O que vai acontecer no espírito das pessoas…”, diz.

De acordo com o Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, o Reino Unido é o sexto mercado para o Vinho do Porto, em termos de volume de negócios. Entre janeiro e abril de 2016, as vendas representaram mais de cinco milhões de euros.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte