Última hora

Em leitura:

Cenas de dor na morgue de Istambul

mundo

Cenas de dor na morgue de Istambul

Publicidade

Os corpos das vítimas do atentado no aeroporto de Istambul estão a ser entregues às famílias, à medida que vão sendo identificados.

Na morgue da cidade, as cenas de dor repetem-se: “Este é o lugar onde a dor mais se faz sentir depois do ataque terrorista. Vivem-se momentos difíceis, com a entrega dos corpos às famílias”, conta o correspondente da euronews, Bora Bayraktar.

Até agora, as autoridades turcas confirmaram 41 mortes na sequência do atentado, incluindo vários estrangeiros.

Osman Günay perdeu um amigo de infância: “Ele tinha ido buscar um amigo ao aeroporto e aquilo aconteceu quando se estavam a ir embora. Foi morto a tiro. Um polícia saltou para cima de um dos bombistas suicidas. Sacrificou-se para salvar muitos”.

Há ainda mais de 100 feridos, distribuídos por 20 hospitais de Istambul. O ministério turco da saúde confirmou que há 48 pessoas nos cuidados intensivos, incluindo várias em estado crítico.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte