This content is not available in your region

Palestiniano esfaqueia adolescente israelita durante o sono

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Palestiniano esfaqueia adolescente israelita durante o sono

<p>Um palestiniano esfaqueou até à morte uma adolescente israelita de 13 anos no quarto dela, enquanto dormia, na cidade de Kyriat Arba, na Cisjordânia.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Palestinian fatally stabs sleeping 13-yr-old Israeli girl inside her <a href="https://twitter.com/hashtag/WestBank?src=hash">#WestBank</a> home <a href="https://t.co/Ng4U7JMqGu">https://t.co/Ng4U7JMqGu</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/terrorism?src=hash">#terrorism</a></p>— Michele Chabin (@MicheleChabin1) <a href="https://twitter.com/MicheleChabin1/status/748482859099357184">June 30, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Segundo o exército israelita, o homem foi abatido a tiro e morreu no local.</p> <p>Um segurança civil israelita que terá intervindo em sua defesa foi também esfaqueado. </p> <p>A vítima era uma familiar afastada do ministro israelita da Agricultura, que declarou: “A vingança do Senhor é a vingança do Senhor, mas a nossa vingança é construir nesta terra.”</p> <p>Nos últimos 8 meses, 33 israelitas e 2 cidadãos americanos foram mortos por palestinianos, numa onda de ataques de rua. </p> <p>As forças israelitas mataram pelo menos 198 palestinianos, dos quais 134 dizem serem atacantes, tendo sido os outros mortos em protestos e confrontos.</p> <p>Os líderes palestinianos dizem que os atacantes agem em desespero, depois de as conversações de paz terem sido suspensas em 2014 e de os israelitas construirem em território ocupado que os palestinianos reivindicam enquanto Estado.</p> <p>Tensões no acesso de judeus a um disputado local sagrado em Jerusalém têm instigado também à violência.</p>