Última hora

Em leitura:

Reino Unido pode vir a ter de novo uma mulher como Primeira-ministra

mundo

Reino Unido pode vir a ter de novo uma mulher como Primeira-ministra

Publicidade

Boris Johnson apresentou, esta segunda-feira, o seu apoio a Andrea Leadsom, a atual ministra britânica da Energia e Mudanças Climáticas, na corrida à liderança do partido Conservador. Leadsom, de 53 anos, foi uma fervorosa defensora da saída do Reino Unido da União Europeia e é agora apontada como a candidata favorita dos defensores do “Brexit”.

Uma decisão que muitos vêm como uma espécie de vingança contra Michael Gove que decidiu candidatar-se também dizendo, grosso modo, que avançava por considerar que Boris Johnson não tinha perfil para ser líder dos Tories, nem Primeiro-ministro. Johnson, antigo presidente da câmara de Londres, que contra todas as expectativas acabou por pôr de lado a ideia de concorrer.

Theresa May, ministra do Interior desde 2010 é outra candidata de peso. Ela que foi contra o Brexit. Pode ser uma destas duas mulheres a próxima líder dos conservadores e nova Primeira-ministra do Reino Unido.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte