Última hora

Em leitura:

Futebolista Lionel Messi condenado a 21 meses de prisão

mundo

Futebolista Lionel Messi condenado a 21 meses de prisão

Publicidade

O avançado argentino ao serviço do Barcelona, Lionel Messi, foi condenado a 21 meses de prisão por fraude fiscal.

O seu pai, Jorge Horacio Messi, foi igualmente condenado. Ambos são acusados de defraudarem o estado espanhol em 4,1 milhões de euros em impostos no período compreendido entre 2007 e 2009.

Ambos enfrentam ainda milhões de euros em multas devido à utilização de paraísos fiscais no Belize e Uruguai para esconderem rendimentos obtidos a partir dos direitos de imagem.

O tribunal em Barcelona multou Messi em 2 milhões de euros e o seu pai em 1,5 milhões.

Prevê-se que nenhum dos acusados venha a cumprir a pena num estabelecimento prisional. Segundo o sistema judiciário espanhol, casos com penas inferiores a dois anos não implicam necessariamente a detenção em estabelecimento prisional.

Messi anunciou o fim da sua carreira internacional no mês passado.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte