Última hora

Em leitura:

Obama: Armas nas mãos de civis originam tragédias

mundo

Obama: Armas nas mãos de civis originam tragédias

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

O presidente norte-americano alertou que a presença de armas licenciadas nas mãos de civis origina tragédias em confrontos com a polícia. Barack Obama, vai encurtar a visita oficial a Espanha para se deslocar no início da semana a Dallas, no Texas, onde cinco polícias foram mortos por um atirador durante um protesto contra a violência policial contra cidadãos de raça negra.

Em Varsóvia, onde participou na cimeira da NATO, Obama condenou os atos de violência dos últimos dias, aludindo ao incidente de Dallas mas também aos casos recentes de dois jovens negros mortos por agentes da polícia em Baton Rouge, a capital do estado norte-americano da Luisiana, e em Minneapolis, no estado de Minnesota.

“Por muito dolorosa que tenha sido esta semana, acredito firmemente que a América não está tão dividida como alguns têm sugerido. Os americanos de todas as raças e de todas as origens sentem-se justamente indignados com os ataques injustificáveis contra a polícia, seja em Dallas como em qualquer outro lugar”, disse Obama.

O presidente norte-americano lembrou que os dois homens mortos pela polícia esta semana tinham armas consigo e que esta não é a primeira vez que a presença de armas licenciadas nas mãos de civis origina tragédias em confrontos com a polícia:

“Ainda não sabemos o que aconteceu em Minneapolis, mas sabemos que havia uma arma no carro, aparentemente, legalizada mas que causou, de alguma forma, esses acontecimentos trágicos”, disse, acrescentando que “Não podemos ignorar isto e fingir que se trata de uma questão política ou o presidente está a forçar a sua agenda política, pois as armas são um fator, embora não o único, que contribui para as maiores tensões entre a polícia e as comunidades onde cumprem serviço”.

Barack Obama vem lembrar que a violência atrai violência e Dallas é um exemplo: o atirador negro que matou os cinco agentes da polícia decidiu matar polícias brancos para vingar as vítimas de Baton Rouge e Minneapolis, Alton Sterling e Philando Castile.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte