Última hora

Em leitura:

Relações Turquia EUA sob tensão

mundo

Relações Turquia EUA sob tensão

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

O primeiro-ministro turco anunciou esta segunda-feira que um total de 232 indivíduos perderam a vida em resultado da tentativa de golpe de estado da passada sexta-feira.

Visivelmente emocionado, Binali Yildirim, deixou claro que o governo agiria dentro dos limites da lei durante o processo de punição dos responsáveis.

Yildirim afirma que deste total 208 mortos seriam apoiantes do governo, enquanto 24 seriam conspiradores.

Clérigo exilado

No centro da questão está o clérigo muçulmano exilado nos Estados Unidos, Fethullah Gulen, que Ankara pretende ver extraditado para a Turquia.

“Se os nossos amigos, os Estados Unidos, continuam a insistir que precisamos de apresentar provas,então lamento, mas estamos um bocado desapontados”, afirmou o primeiro-ministro turco.

Os Estados Unidos contudo já deixaram claro que qualquer extradição teria que cumprir os critérios legais necessários.

O clérigo acusado de estar por detrás da tentativa de golpe de estado já veio a público rejeitar as acusações de envolvimento na tentativa de derrube do governo.

Ataque

Entretanto, imagens divulgadas pelos Serviços Secretos Turcos mostram o ataque contra as suas instalações em Ankara.

As imagens foram captadas por câmaras de vigilância que registaram a ofensiva e a resposta dos agentes que tentaram abater o helicóptero.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte