Última hora

Em leitura:

EUA: Procuradoria de Baltimore retira queixas contra polícias relacionados com o caso Freddie Gray

mundo

EUA: Procuradoria de Baltimore retira queixas contra polícias relacionados com o caso Freddie Gray

Publicidade

A procuradoria da cidade norte-americana de Baltimore, do estado do Maryland, retirou as queixas contra os últimos três polícias envolvidos na morte de Freddie Gray, um jovem negro, em 2015.

Freddie Gray, de 25 anos, morreu enquanto estava sob custódia policial. Segundo a autópsia, o jovem partiu o pescoço ao ser atirado para dentro da carrinha em que foi conduzido pela polícia. Apesar das queixas, não recebeu assistência, até ser internado com uma fratura na coluna vertebral que acabaria por ser a causa da morte, uma semana depois da detenção.

Nenhum dos seis policias inicialmente acusados será condenado neste caso, que desencadeou violentos distúrbios em Baltimore, em abril de 2015.

A morte de Gray provocou protestos a nível nacional contra o racismo das forças policiais em relação à população negra.

Na época, a acusação dos seis agentes, foi saudada por vários grupos ativistas, como o Black Lives Matter. A ausência de condenações está a gerar uma nova onda de indignação.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte