Última hora

Em leitura:

França: Cristãos rezam pelo fim dos atentados

mundo

França: Cristãos rezam pelo fim dos atentados

Publicidade

“Horrorizados”, “estupefactos”, “tristes”. É assim que se sentem os franceses.

Os católicos choram a morte do sacerdote, degolado esta terça-feira, numa igreja da Normandia, às mãos de dois jihadistas.

Por todo o país, milhares de pessoas recolheram à igrejas em busca de conforto e para rezar pelo fim dos atentados que, nos últimos dias, assolam França.

“Algumas coisas magoam, mas não queremos falar sobre elas, nós não queremos reconhecê-las, mas de repente esfregam-nas na nossa cara. Como diz o Evangelho de São João: ‘a verdade libertar-vos-á’ . Aceitamos a verdade e, ao enfrentá-la, vemos o que somos capazes de fazer. Sabe, quando o Titanic embateu no iceberg ficou condenado. Antes, pudemos fazer alguma coisa. Antes, hoje, amanhã e depois de amanhã, há perguntas a fazer e cada pessoa age de acordo com as suas responsabilidades e conhecimentos “, afirma o bispo auxiliar de Lyon, o monsenhor Le Gal.

A Catedral de São João, em Lyon, encheu-se de cristãos mas também de muçulmanos que quiseram mostrar solidariedade e que também estão a sofrer com a barbárie dos últimos dias.

“É por isso que quis estar presente para prestar a minha solidariedade, a minha tristeza, à comunidade cristã. Nós, muçulmanos, somos também muito afetados por isto”, afirma um muçulmano.

Uma francesa afirma que “isto é para lhes mostrar que Deus é amor e que face ao horror, Deus une-nos. Atacam inocentes. Não estão a combater uma guerra porque eles lutam contra pessoas desarmadas.”

A emoção é grande em toda a França, como aqui em Lyon, uma cidade particularmente Católica. Espanto, preocupação, tristeza, os sentimentos estão todos misturados. A igreja apela ao recolhimento e quer enviar uma mensagem de reconciliação e, apesar de tudo, de perdão e de esperança.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte