Última hora

Em leitura:

Terrorismo: Segurança reforçada em Londres

mundo

Terrorismo: Segurança reforçada em Londres

Publicidade

As ruas de Londres e arredores passarão a estar ainda mais vigiadas na sequência dos atentados terroristas recentes que deixaram a Europa em estado de alerta máximo.

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara, Sadiq Khan, e pelo comissário-chefe da Polícia Metropolitana de Londres, Bernard Hogan-Howe. Na prática, o número de polícias armados deverá elevar-se para um total de 2800, com o reforço de mais 600 elementos.

“Aprendemos lições com a Europa, Nice, Paris, Munique e estamos a garantir não só que os londrinos se sentem seguros mas também que as más pessoas reconheçam que o nosso serviço de polícia, o nosso serviço de segurança, e todos nós fazemos o melhor para manter todos a salvo”, disse o autarca de Londres.

O comissário-chefe da Polícia Metropolitana da cidade acrescentou: “Vamos ver mais polícias armados em patrulha nas ruas, em locais icónicos e ao redor de Londres. Queremos assegurar isso. Queremos dissuadir as pessoas que nos possam atacar. Queremos deixar claro que estamos completamente empenhados em relação ao que é um desafio sério.”

Bernard Hogan-Howe diz que atualmente existe uma “sensação de temor” no Reino Unido, mas ressalva que “não existem dados dos serviços de inteligência que indiquem que haverá um atentado em breve.”

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte