Última hora

Última hora

Zona Euro: Crescimento económico modesto à vista

Em leitura:

Zona Euro: Crescimento económico modesto à vista

Zona Euro: Crescimento económico modesto à vista
Tamanho do texto Aa Aa

Ligeira aceleração da actividade económica da zona euro em julho, apesar da vitória do Brexit no referendo no Reino Unido em finais de junho.

A economia da zona euro tem demonstrado uma resistência surpreendente face ao resultado do referendo britânico.

Ao contrário do esperado, o índice PMI composto, da indústria e serviços, foi revisto em alta. Atingiu 53,2 pontos, contra uma estimativa de 52,9 pontos e os 53,1 registados em junho.

O economista da Markit Chris Williamson estima que a economia tem demonstrado uma “resistência surpreendente” face ao resultado do referendo britânico.

Os dados PMI deixam antever um crescimento modesto de 0,3% do PIB no terceiro trimestre, aumentando a pressão sobre o Banco Central Europeu, cujas medidas tardam em relançar a economia.

Em junho, as vendas a retalho estagnaram na zona euro, em termos mensais. Em termos homólogos, a subida é de 1,6%.

Segundo o Eurostat, voltaram a aumentar as vendas de bebidas, alimentação e tabaco. Mas os europeus reduziram as compras de combustível (-1,30%).

Portugal regista a maior subida no conjunto da União Europeia. As vendas a retalho progrediram 3,1% em junho.