Última hora

Em leitura:

Chanceler austríaco quer suspensão das negociações de adesão da Turquia à UE

mundo

Chanceler austríaco quer suspensão das negociações de adesão da Turquia à UE

Publicidade

Aumenta a tensão entre a Áustria e a Turquia.

O chanceler austríaco, Christian Kern, disse, esta quarta-feira, que tenciona pedir na reunião de dia 16 de setembro, em Bratislava, a suspensão das negociações de adesão à União Europeia da Turquia.

Christian Kern afirma que os estandartes democráticos e económicos de Ancara são muito diferentes dos da União Europeia e que outro tipo de relação deve ser repensado: “As negociações de adesão são muito vazias. Na verdade, não tem havido um progresso substancial. O processo continua igual há anos sem quaisquer passos significativos em direção ao objetivo (…) não há nenhuma perspetiva de adesão realista na situação atual”.

Um dia depois as reações chegam de Ancara:

“O chanceler austríaco disse que as negociações entre a Turquia e a União Europeia não passam de uma ficção diplomática. Francamente, é preocupante que as suas declarações se assemelhem às da extrema-direita europeia”, disse Omes Celik, ministro turco dos Negócios Estrangeiros.

As negociações sobre a adesão da Turquia iniciaram-se em 2005, mas têm sido assinaladas por constantes avanços e recuos.

A evolução da situação política no país, nos últimos tempos, tem sido alvo de duras críticas.
Bruxelas reitera que a adesão continuará a ser um processo “aberto”, enquanto os Direitos Humanos, o ‘Estado de direito’ e as liberdades fundamentais forem respeitados.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte