Última hora

Em leitura:

EUA: assassinato de imã e assistente em Nova Iorque provoca reações

mundo

EUA: assassinato de imã e assistente em Nova Iorque provoca reações

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Em Nova Iorque o assassinato do Imã da Mesquita Al-Furqan e do seu assistente no bairro de Queens está a provocar reações.

O incidente deu-se no sábado e a polícia ainda está a levar a cabo investigações para apurar a identidade do autor dos disparos.

Vários elementos reuniram-se no exterior da mesquita para exigirem justiça.

“Para todos aqueles em posições de liderança, como o Sr. Trump e o Sr. Giuliani e outros elementos de instituições que projetam o Islão e os muçulmanos como inimigos, este é o resultado da vossa maldade”, afirmou um dos ativistas presentes no exterior da mesquita.

Para Afaf Nasher, diretora executiva do Conselho norte-americano de Relações Islâmicas (CAIR) em Nova Iorque “não é preciso ser-se muçulmano, não é necessário ser-se uma pessoa de fé, só é preciso ter consciência. Imaginem que matam o vosso pai sem motivo, deixem então esse sentimento quebrar o silêncio e dirijo isto especialmente a todos aqueles com influência dentro e fora da comunidade. Cada um de nós é responsável.”

Segundo a polícia, o imã e o assistente estavam na rua quando foram atingidos na cabeça por disparos provenientes da retaguarda.

Ainda segundo as autoridades não há indícios até ao momento de que as vítimas teriam sido atingidas devido a motivos religiosos.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte