Última hora

Em leitura:

Rio 2016: Recorde de Patrícia Mamona vale sexto lugar

Desporto

Rio 2016: Recorde de Patrícia Mamona vale sexto lugar

Publicidade

Patrícia Mamona arrasou o recorde nacional na final do triplo salto mas o sonho das medalhas acabou por revelar-se demasiado ambicioso. A campeã europeia esteve ao seu melhor nível na pista brasileira e por duas vezes ultrapassou os 14,58 metros que lhe valeram o título europeu em Amesterdão. Os 14,65 metros que alcançou no quinto ensaio valeram-lhe um sexto lugar com sabor a medalha. Susana Costa, a outra portuguesa presente na final, terminou na nona posição com um salto de 14,12 metros. A prova foi ganha pela colombiana Caterine Ibargüen.

Jemima Sumgong venceu a maratona no Rio de Janeiro ao completar os 42km em 2h24m04s. A queniana conquistou a sua primeira medalha de ouro olímpica. Dulce Félix foi a única portuguesa a concluir a prova, na décima sexta posição, Jéssica Augusto e Sara Moreira ficaram pelo caminho.

No ciclismo em pista, Jason Kenny venceu o sprint masculino. O britânico derrotou o compatriota Callum Skinner, revalidou o título conquistado em Londres e tem agora um total de cinco medalhas de ouro olímpicas.

Também Andy Murray repetiu o triunfo de há quatro anos. O britânico sagrou-se bicampeão olímpico no ténis masculino depois de levar de vencida o argentino Juan Martin del Potro em quatro sets, num duelo que durou quatro horas e dois minutos.

O dia perfeito para a Grã-Bretanha ficou completo com a vitória de Justin Rose no golfe, modalidade que regressou à família olímpica depois de 112 anos de ausência. Filipe Lima terminou na 48ª posição, Ricardo Gouveia foi 59º.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte