Última hora

Em leitura:

Radar... as histórias que não fizeram manchete

mundo

Radar... as histórias que não fizeram manchete

Publicidade

À sexta-feira, os jornalistas das 13 línguas da euronews selecionam um conjunto de histórias (da Europa e do mundo) que não tiveram direito a grande destaque na imprensa internacional.

Empresário oferece recompensa para encontrar ladrões de gelados

John Catsimatidis, o proprietário da Gristedes – uma rede de supermercados de Nova Iorque – oferece uma recompensa no valor de cinco mil dólares – cerca de quatro mil e quinhentos euros – por informações que permitam chegar às pessoas que roubaram grandes quantidades de gelados dos seus estabelecimentos.

Os roubos aumentaram com a onda de calor nos Estados Unidos. Incapaz de travar os furtos o multimilionário resolver oferecer uma recompensa.

Só este ano, a polícia já recebeu 250 queixas devido ao roubo de gelados. Mais de 130 pessoas acabaram por ser detidas


Os dilemas do homem e da máquina

Dos carros autónomos aos aviões não tripulados, a inteligência artificial está a ganhar terreno e, em muitos casos, a substituir os seres humanos por máquinas capazes de executar tarefas até há bem pouco tempo impensáveis. Muitos cientistas já alertaram para os perigos associados a esta revolução. Nas estradas, por exemplo, a máquina pode vir a ter decidir se atropela uma pessoa para salvar outra.

O projeto Moral Machine do MIT quer ajudar as máquinas neste tipo de dilemas. Para isso, desenvolveu uma plataforma que promete facilitar a tarefa assente numa perspetiva humana.

Os participantes são colocados atrás do volante de um carro automático e confrontados com vários cenários. Ao condutor é pedido que tome uma decisão perante uma situação concreta, por exemplo, matar dois passageiros ou cinco pessoas que se encontram na rua.


Drone salva vidas nas praias espanholas

Imagine que se está a afogar e que é salvo não por um nadador-salvador de carne e osso, mas por um drone! O equipamento está a ser testado pela primeira vez na costa espanhola.
Com uma autonomia de voo de cerca de meia hora, a aeronave não tripulada permite prestar socorro em menos de 20 segundos.

A ideia terá partido de um policia Daniel Olmo.
O balanço da experiência é, até ao momento, positivo.


O dedo do meio do vice-chanceler alemão

Foi com um gesto obsceno que o vice-chanceler alemão, Sigmar Gabriel, respondeu às críticas de um grupo neonazis.

O episódio ocorreu sexta-feira, em Salzgitter, na Baixa Saxónia, na Alemanha

Os neonazis que se apresentaram de cara tapada acusaram Gabriel de “trair a raça.” O vice-chanceler alemão respondeu com um gesto que já correu o mundo.

Na origem das críticas, a política seguida pela Alemanha no que toca aos refugiados.

No final, o vice-chanceler ter-se-á mostrado disponível para falar com os manifestantes se, estes, mostrassem os rostos, o que não veio a acontecer.


Perseidas

As Perseidas mais conhecidas por “chuva de estrelas” estão ligadas à passagem do cometa Swift-Tuttle, em meados de agosto. O fenónemo que ocorre todos os anos e, este ano, voltou a fazer as delícias de pequenos e graúdos. Este ano, o fenómeno também conhecido como “Lágrimas de São Lourenço, mereceu uma homenagem por parte do norueguês Jokke Sommer, dos austríacos Marco Waltenspiel e Georg Lettner e do espanhol Armando del Rey, em La Palma.

Veja o vídeo:

Fontes:

Ice cream thieves

Moral judgement

Baywatch star

Merkel’s deputy and far-right protesters

Opera in the metro

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte