Última hora

Em leitura:

Amatrice: número de voluntários é suficiente

Insight

Amatrice: número de voluntários é suficiente

Publicidade

Francisco Fuentes: Connosco a partir de Amatrice está Raquel Álvarez.
Foram instaladas tendas de campanha para que os sobreviventes passassem a noite. Ainda, assim, alguns preferiram dormir na rua e nos carros.

Álvarez: “As pessoas não queriam abandonar o local, sair de casa ou o que ainda resta da casa, psicologicamente, é difícil convencê-los para que se afastem. Preferem ficar no carro e, ainda, que seja difícil de entender é uma barreira psicológica. Os que podem vão com familiares, amigos ou tentam encontrar uma solução para ficar longe da área atingida pelo terremoto. Mesmo a nossa equipa da Euronews que chegou aqui na quarta-feira, quando tentou chegar ao hotel que reservou para dormir, duas ou três horas, descobriu que estava fechado porque os proprietários tinham ido embora. Isto por causa do medo de réplicas. Eles, por exemplo, foram para Roma, para longe desta área. “

Fuentes: “Quando ocorrem este tipo de catástrofes há milhares de voluntários de Itália e do resto da Europa a trabalhar no terreno. Tiveste oportunidade de falar com eles?

Álvarez: “Todas as pessoas estão em estado de choque e todas querem ajudar. Tive a oportunidade de conhecer algumas pessoas. Muitos jovens vieram de outros países como a Polónia. Há, também, muitos italianos que se deslocaram até aqui para tentar ajudar. O que as autoridades estão a tentar fazer é a tranquilizar a população e a dizer que já existem pessoas suficientes no terreno. As forças de segurança dizem que há já muitos voluntários e que os trabalhos de resgate estão a decorrer como previsto. Pelo que não há necessidade de mais pessoas. Neste momento existem 5 mil operacionais no terreno. Em relação às tendas instaladas das cerca de 4 mil, apenas mil foram utilizadas até ao momento. O trabalho dos voluntários é apreciado, mas para já é preciso deixar o trabalho a quem pode e deve fazê-lo.”

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte