Última hora

Em leitura:

Mogherini e Reino Unido em choque sobre defesa europeia


A redação de Bruxelas

Mogherini e Reino Unido em choque sobre defesa europeia

Como é que se pode melhorar a cooperação na União Europeia ao nível da defesa foi o tema da reunião dos 28 ministros desta pasta, em Bratislava, com a presença da Alta Representante da Comissão Europeia para a Política Externa.

Federica Mogherini disse que “o trabalho que estamos a fazer para reforçar a defesa comum, ao nível da União Europeia, e a parceria que temos com a NATO não estão em contradição nem em competição. Na realidade, permitem consolidar o trabalho conjunto”.

Esta é a resposta da Comissão Europeia às acusações do Reino Unido de que será uma desnecessária duplicação de esforços.

O ministro britânico, Michael Fallon, afirmou que “vamos continuar contra qualquer ideia de um exército da União Europeia ou de um quartel-general, que simplesmente iria debilitar a NATO. A NATO deve continuar a ser a pedra angular da nossa defesa”.

Mogherini e vários ministros negam que se trate de criar já um exército, mas defendem maior cooperação nas informações e operacionalidade; algo que teve o apoio do secretário-geral da NATO.

“Não há contradição entre uma defesa europeia forte e uma NATO forte, na realidade uma reforça a outra”, disse Jens Stoltenberg, ao lado de Federica Mogherini.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

A redação de Bruxelas

Breves de Bruxelas: "desunião" na defesa, terrorismo e asilo