EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Mogherini e Reino Unido em choque sobre defesa europeia

Mogherini e Reino Unido em choque sobre defesa europeia
Direitos de autor 
De  Isabel Marques da Silva
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O Reino Unido voltou a mostrar-se contra a ideia de um exército para a União Europeia, numa reunião dos 28 ministros da Defesa. Mas a Alta Representante da Comissão Europeia para a Política Externa in

PUBLICIDADE

Como é que se pode melhorar a cooperação na União Europeia ao nível da defesa foi o tema da reunião dos 28 ministros desta pasta, em Bratislava, com a presença da Alta Representante da Comissão Europeia para a Política Externa.

Federica Mogherini disse que “o trabalho que estamos a fazer para reforçar a defesa comum, ao nível da União Europeia, e a parceria que temos com a NATO não estão em contradição nem em competição. Na realidade, permitem consolidar o trabalho conjunto”.

Esta é a resposta da Comissão Europeia às acusações do Reino Unido de que será uma desnecessária duplicação de esforços.

O ministro britânico, Michael Fallon, afirmou que “vamos continuar contra qualquer ideia de um exército da União Europeia ou de um quartel-general, que simplesmente iria debilitar a NATO. A NATO deve continuar a ser a pedra angular da nossa defesa”.

Mogherini e vários ministros negam que se trate de criar já um exército, mas defendem maior cooperação nas informações e operacionalidade; algo que teve o apoio do secretário-geral da NATO.

“Não há contradição entre uma defesa europeia forte e uma NATO forte, na realidade uma reforça a outra”, disse Jens Stoltenberg, ao lado de Federica Mogherini.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Menos turismo, mais vida". Protesto contra turismo de massas junta milhares de pessoas em Maiorca

Mais de 10 mil pessoas na tradicional travessia do Lago Balaton na Hungria

Ucrânia e a Rússia disparam dezenas de drones em ataques mútuos