Última hora

Última hora

EI: Está lançado o assalto final a Mossul

A "Golden Division", a divisão de elite iraquiana, veio juntar-se às forças no terreno, onde os peshemerga, curdos, têm tido um papel de relevo

Em leitura:

EI: Está lançado o assalto final a Mossul

Tamanho do texto Aa Aa

O assalto final a Mossul pode estar para breve. As forças da coligação, apoiadas pela aviação internacional, avançam lenta mas seguramente em direção à maior cidade iraquiana nas mãos do Estado Islâmico há mais de dois anos.

allviews Created with Sketch. Point of view

"Esperamos anunciar em breve a libertação de Mossul"

General Talib Shaghati Comandante das operações conjuntas

Em grande desvantagem numérica de 1 para 10, o Estado Islâmico tem manifestado pouca resistência, exceção feita a ataques de bombistas-suicidas ou a emboscadas em túneis.

A entrada em campo da “Golden Division”, a divisão de elite iraquiana, é a prova de que o Iraque está plenamente envolvido na batalha.

Na frente sul, as forças iraquianas já avançaram até 40 km de Mossul; a este, os peshemergas estão a 10 km da cidade.

“Atualmente, a operação está a decorrer sem problemas. Por vezes, os progressos são mesmo mais rápidos do que esperávamos. Esperamos anunciar em breve a libertação de Mossul”, afirma o general Talib Shaghati, comandante das operações conjuntas.

Desde o início da ofensiva, segunda-feira, militares e paramilitares iraquianos, peshmergas, sunitas e xiitas já libertaram dezenas de vilas e aldeias dos arredores de Mossul.