Última hora

Última hora

Um voo a desafiar a morte

O russo Valery Rozov bateu mais uma vez o recorde de Base Jump e cumpriu o sonho de saltar do cume do monte Cho Oyu, nos Himalaias.

Em leitura:

Um voo a desafiar a morte

Tamanho do texto Aa Aa

Cada vez mais alto e sem medo da morte – ou, pelo menos, assim parece.

O russo Valery Rozov bateu mais uma vez o recorde de Base Jump que detinha e cumpriu o sonho de saltar do cume do monte Cho Oyu, nos Himalaias, o sexto ponto mais alto do mundo. Demorou 21 dias para chegar ao cimo dos 7,700 metros, de onde saltou para um voo que demorou cerca de 90 segundos.