Última hora

Em leitura:

Coreia do Sul: Amiga da presidente Park ouvida pelas autoridades judiciais


Coreia do Sul

Coreia do Sul: Amiga da presidente Park ouvida pelas autoridades judiciais

Na Coreia do Sul, a misteriosa confidente da presidente do país foi ouvida pelas autoridades judiciais. Choi Soon-sil regressou a Seul para prestar declarações num processo onde é acusada de corrupção e tráfico de influência num caso que está a provocar uma enorme crise política.

Choi é amiga de Park Geun-hye há 40 anos e ex-mulher de um antigo assessor. Ao que tudo indica, terá tido acesso a documentos oficiais, revisto discursos presidenciais e usado contatos de alto nível para receber recursos destinados a órgãos públicos e privados.

As autoridades estão também a investigar dois assessores de Park que teriam ajudado Choi a obter acesso aos discursos presidenciais e a criar duas fundações.

A presidente sul-coreana foi obrigada a pedir desculpas por este caso mas não conseguiu evitar a contestação: na última sexta-feira milhares de pessoas manifestaram-se contra Park e exigem mesmo que se demita. É acusada de trair a confiança pública e ter feito uma gestão irresponsável do governo.

Park Geun-hye está no quarto ano de um mandato de cinco anos. Já este fim-de-semana, avançou com uma remodelação do gabinete presidencial para tentar acalmar esta crise política.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Venezuela: Governo e oposição avaliam libertação de políticos presos