Última hora

Em leitura:

Samsung manda recolher 2,8 milhões de máquinas de lavar


empresas

Samsung manda recolher 2,8 milhões de máquinas de lavar

Depois dos telemóveis…agora as máquinas de lavar. A Samsung está a atravessar uma fase negra: a marca sul-coreana vai recolher cerca 2,8 milhões de máquinas de lavar nos Estados Unidos. A decisão foi tomada depois de terem ocorrido vários acidentes.

O organismo que analisa a segurança dos produtos nos Estados Unidos deixou o alerta: a porta das máquinas de lavar podem soltar-se quando está em funcionamento. De acordo com a agência Reuters, o problema já provocou ferimentos a alguns proprietários destes aparelhos da Samsung, incluíndo mandíbulas partidas e ombros deslocados. Os casos estão a ocorrer em máquinas com abertura no topo.

34 modelos da marca sul-coreana, com abertura no topo da máquina, que foram fabricados entre Março de 2011 e Novembro deste ano, com preços que variam entre 450 e 1.500 dólares, devem ser recolhidos.

Recorde-se que a Samsung também foi obrigada a recolher cerca de 2,5 milhões de telefones Galaxy Note 7 por causa de baterias defeituosas que, em alguns casos, fazem arder o aparelho.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

empresas

Takata em risco de falência nos Estados Unidos