Última hora

Em leitura:

Presidenciais EUA: Donald Trump encerra campanha de garras afiadas


EUA

Presidenciais EUA: Donald Trump encerra campanha de garras afiadas

Donald Trump encerrou a última noite de campanha nas presidenciais dos Estados Unidos em New Hampshire e no Michigan, ao lado do governador Mike Pence e da filha Ivanka, de 35 anos.

Apostado em recuperar terreno em dois estados aparentemente inclinados para Hillary Clinton, o candidato republicano encerrou a campanha de garras afiadas, vincado a confiança na vitória e a atacar a rival democrata.

“Conseguem imaginar, ficar com a Hillary Clinton por quatro anos? Conseguem? Hillary Clinton apenas é fiel a ela própria, aos doadores e aos interesses próprios. O meu principal interesse são vocês. É por vocês que estou aqui”, afirmou Trump.

A ajudar neste derradeiro dia de campanha, a filha Ivanka também assumiu a palavra e revelou “muito orgulhosa” do pai “pelo que conseguiu”. “Sei que esta terça-feira vai ser outro grande dia e depois ele vai ter de se dedicar ao verdadeiro trabalho de fazer este país grande e de trabalhar para o povo americano. Ele jamais vos irá desiludir”, prometeu a filha do candidato.

Ainda assim, Donald Trump chega a este grande dia um pouco atrás da rival democrata nas sondagens, mantendo-se no entanto convicto de uma reviravolta nas urnas e que depois desta terça-feira ele poderá cumprir a promessa de voltar a fazer da América grande.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Presidenciais EUA: Obama "passa" testemunho a Hillary Clinton