Última hora

Em leitura:

Breves de Bruxelas: diplomacia europeia prepara-se para Trump


A redação de Bruxelas

Breves de Bruxelas: diplomacia europeia prepara-se para Trump

Antes de se despedir, Barack Obama está a levar a cabo a sua última viagem à Europa enquanto presidente dos Estados Unidos.

Hoje e amanhã visitará Atenas, seguindo para Berlim para se encontrar com a chanceler Angela Merkel, mas também com outros importantes líderes europeus tais como Hollande, Renzi e May, num momento crucial para as relações entre a União Europeia e os Estados Unidos após a vitória de Trump.

E neste momento de transição entre Obama e Trump, os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia tentam delinear uma nova estratégia em matéria de política externa antecipando os passos de Trump, mas as divisões no bloco são óbvias.

Ainda hoje, a organização não-governamental Médicos do Mundo apresentará o relatório de 2016 sobre o acesso à saúde pelas pessoas que enfrentam múltiplas vulnerabilidades na Europa, com base em pacientes entrevistados em 31 cidades de 12 países.

Os úmeros falam por si: 67,5% dos entrevistados não tinham cobertura de saúde e 21,5% tinham desistido de procurar consultas médicas ou outros tratamentos. A amostra inclui cidadãos da UE e migrantes, incluindo mulheres grávidas e crianças.