Última hora

Em leitura:

A súperlua observada de Sydney a Lisboa (imagens)


mundo

A súperlua observada de Sydney a Lisboa (imagens)

Faltavam cerca de 10 minutos para as 14 horas, em Lisboa, Portugal, quando a lua atingiu a fase de lua cheia, cerca de duas horas e meia após o perigeu, isto é, o ponto em que a órbita do satélite natural está mais perto do planeta Terra — neste caso a uma distância de 356.508,987 quilómetros. A combinação do segundo e do primeiro momento permite-nos ver a lua com a máxima dimensão à vista humana.

Pequim, na China, onde eram 21:52 horas, Timor Leste onde eram 22:52 horas desta segunda-feira, ou Sydney, na Austrália, onde já eram 00:52 horas de terça-feira, terão sido dos melhores locais para observar o momento em que a fase de lua cheia esteve mais perto e mais iluminou a Terra.

Embora domingo à noite as fotos da súperlua em Portugal já tenham começado a tornar-se virais nas redes sociais da Internet (é o caso da imagem em baixo, registada no Barreiro, a sul de Lisboa, em Portugal), esta segunda-feira à noite será a altura ideal para observar este fenómeno.

A repetição da observação da lua a este nível voltará a ser possível apenas daqui a 18 anos. Presume-se que a próxima súperlua tão próximo da Terra irá ocorrer apenas a 25 de novembro de 2034.

A vez em que a fase de lua cheia se aproximou mais do planeta Terra, recorda o Observatório Astronómico de Lisboa, foi a 26 de janeiro de 1948. Na altura, a lua cheia ocorreu pelas 07:11 da manhã, em Lisboa, e o perigeu, a 356.460,526 quilómetros da Terra, deu-se pelas 11:18 horas.

Desta vez, na Europa, a melhor altura para observar a súperlua será ao final da tarde desta segunda-feira. Em Portugal, a súperlua estava previsto nascer pelas 17:49.

A proximidade do astro ao horizonte permitirá nessa altura aumentar ainda mais a ilusão do seu tamanho, cuja ampliação já será na ordem dos 14 por cento devido à combinação do efeito de lua cheia com o perigeu.

Em Portugal, as previsões meteorológicas apontam para céu limpo a sul de Lisboa e Évora e alguma nebulosidade para norte. No Brasil, o melhor local para ver a súperlua será no nordeste, onde se espera, tal como em Cabo Verde, Guiné Bissau ou Angola, céu pouco nublado ou limpo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Palestina ameaça Israel com recurso ao Conselho de Segurança da ONU