Última hora

Em leitura:

Quanto ganham, afinal, os nossos governantes?


mundo

Quanto ganham, afinal, os nossos governantes?

O presidente eleito dos Estados Unidos da América, Donald Trump, prescindiu do salário a que teria direito, enquanto estiver na Casa Branca.

Segundo Trump, no ano de 2015 ganhou cerca de 560 milhões de dólares.

O magnata recusa um salário anual de cerca de 400.000 dólares (373.000 euros). Apesar de liderar a segunda maior economia global, o ordenado do presidente dos EUA não é o mais elevado, entre os líderes mundiais.

Nota: Todos os salários são ilíquidos e não englobam os benefícios adicionais que os políticos podem ter.

1. Lee Hsien Loong – Primeiro-ministro de Singapura

Lee Hsien Loong lidera a lista dos líderes mundiais mais bem pagos apesar de, há quatro anos, ter visto o salário sofrer um corte de 36%.

Salário anual, em moeda nacional: 2,2 milhões de dólares de Singapura.
Salário anual, em EUR: 1,45 milhões
Salário médio anual do país: 47.388 de dólares de Singapura

2. Johann Schneider-Ammann – Presidente da Suíça

Johann Schneider-Ammann é presidente da Confederação. Foi eleito, para um mandato de um ano, pela Assembleia Federal dos sete membros do Conselho Federal Suíço.

Salário anual em moeda nacional: 457 000 francos suíços
Salário anual em EUR: 425.564
Salário médio anual do país: 85.422 francos suíços

3. Barack Obama – Presidente dos EUA

Barack Obama é o terceiro líder mais bem pago do mundo. O salário anual do presidente norte-americano ascende aos 400.000 dólares.

Salário anual em moeda nacional: 400.000 dólares
Salário anual em EUR: 372.564
Salário médio anual do país: 58.714 dólares

4. Malcolm Turnbull – Primeiro-ministro da Austrália

Outro milionário que se tornou líder do seu país. Em 2015, estima-se que o valor do património de Malcolm Turnbull rondasse os 200 milhões de dólares australianos (cerca de 140 milhões de euros).

Salário anual em moeda nacional: 507.338 dólares australianos
Salário anual em EUR: 354.471
Salário médio anual do país: 79.077 dólares australianos

5. Alexander Van der Bellen – Presidente da Áustria

Salário anual em moeda nacional: 340.502,4 euros
Salário médio anual do país: 40.678 euros

6. Jean-Claude Juncker – Presidente da Comissão Europeia

Salário anual: 317.496 euros

7. Donald Tusk – Presidente do Conselho Europeu

O ordenado de Donald Tusk, o antigo primeiro-ministro da Polónia, é um pouco inferior ao do Presidente da Comissão Europeia.

Salário anual: 298.495 euros

8. John Key – Primeiro-ministro da Nova Zelândia

O primeiro-ministro viu o seu ordenado aumentar 3,11%, no final de 2015.

Salário anual em moeda nacional: 448.569 dólares neozelandeses
Salário anual em EUR: 296.744
Salário médio anual do país: 45.800 dólares neozelandeses*

  • Dados de 2014.

9. Xavier Bettel – Primeiro-ministro do Luxemburgo

Salário anual em moeda nacional: 288.000 euros
Salário médio anual do país: 60.381 euros

10. Angela Merkel – Chanceler da Alemanha

A chanceler alemã recebe 18.000 euros por mês, após um aumento salarial, em julho de 2016. Angela Merkel recebe, ainda, metade do salário de um deputado federal.

Salário anual em moeda nacional: 271.968 euros
Salário médio anual do país: 37.613 euros

Mundo Lusófono

Michel Temer – Presidente do Brasil

Salário anual em moeda nacional: 402.151 reais
Salário anual em EUR: 109.242
Salário médio anual do país: 28.958 reais

Fonte: IBGE

António Costa – Primeiro-ministro de Portugal

Salário anual em moeda nacional: 78.914 euros
Salário médio anual do país: 11.606 euros (líquido)

Fonte: INE

Marcelo Rebelo de Sousa – Presidente de Portugal

Salário anual em moeda nacional: 78.276 euros
Salário médio anual do país: 11.606 euros (líquido)

Fonte:INE

José Eduardo dos Santos – Presidente de Angola

Salário anual em moeda nacional: 7.452.000 Kwanzas
Salário anual em EUR: 69.530
Salário médio anual do país: Sem dados

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Que futuro para o Tribunal Penal Internacional (TPI)?