Última hora

Em leitura:

Incêndio leva bombeiros da Palestina a ajudar Israel


Israel

Incêndio leva bombeiros da Palestina a ajudar Israel

Um incêndio de grandes dimensões atingiu, na quinta-feira à noite, a cidade de Haifa, em Israel, a terceira maior localidade do país.

Dezenas de milhares de pessoas foram obrigadas a abandonar as suas casas já que o fogo ameaçou zonas residenciais.

As chamas acabaram extintas mas foi precisa a ajuda de bombeiros vindos de vários países. Da Palestina chegaram também carros e soldados da paz:

“Nestes casos não interessa sequer a religião. Um ser humano é sempre um ser humano para um bombeiro, por todo o mundo”, afirmou Abdulatif Abu Amshah.

O Primeiro-ministro israelita deslocou-se ao local de onde partiam as aeronaves para combater os incêndios mas foi o ministro da Segurança Pública quem falou:

“Nas últimas horas foram detidas 13 pessoas. Um outro suspeito foi detido na área de Abu Tor, em Jerusalém. Levava consigo os meios necessários para desencadear um incêndio”, adiantou Gilad Erdan.

A polícia israelita diz que nos últimos três dias se têm debatido, ao lado dos bombeiros, contra centenas de incêndios.

Cerca de 700 casas terão sido destruídas ou parcialmente afetadas.

Grécia: Morte de dois refugiados inflama protestos no campo de Moria

Grécia

Grécia: Morte de dois refugiados inflama protestos no campo de Moria