Última hora

Em leitura:

Japão e Coreia do Sul endurecem sanções contra Coreia do Norte


Coreia do Norte

Japão e Coreia do Sul endurecem sanções contra Coreia do Norte

O Japão e a Coreia do Sul anunciaram novas sanções unilaterais contra a Coreia do Norte, aumentando a pressão sobre Pyongyang por causa dos testes nucleares e de mísseis.

Na prática ampliam-se as restrições dos dois países sobre o comércio com a Coreia do Norte e sobre a circulação de pessoas e de capital ligadas ao regime norte coreano.

“Decidimos impor sanções adicionais às já adotadas para resolver vários dossiers como raptos, nuclear e mísseis depois da coordenação com os Estados Unidos e nações relacionadas. Iremos monitorizar de perto a forma como a Coreia do Norte responderá à nova resolução das Nações Unidas recém adotada”, anunciou o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

Na Coreia do Sul acredita-se que o impacto das sanções terá efeitos sobre as receitas arrecadadas por Pyongyang.

Seul também incluiu numa lista de sanções, pela primeira vez, uma empresa da China, juntamente com quatro executivos, suspeita de exportar óxido de alumínio, usado para fabrico de armas nucleares.

“Expandimos o número de nomes sujeitos a sanções adicionando à lista 35 entidades e 36 pessoas que desempenham um papel crítico no desenvolvimento de armas de destruição em massa e que contribuem para os esforços do regime norte-coreano em assegurar divisa estrangeira”, explicou Lee Suk-Joon, ministro do Gabinete de Coordenação Política do Governo.

Esta quarta-feira, o Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou novas sanções contra a Coreia do Norte – incluindo restrições às exportações de carvão do regime – como resposta ao último teste nuclear e a violações persistentes das resoluções da ONU.

Pyongyang já contra-atacou dizendo rejeitar “categoricamente” as sanções e prometendo tomar medidas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Cortejo com cinzas de Fidel Castro chega a Camagüey