Última hora

Em leitura:

Centenas de migrantes entram em Ceuta


Espanha

Centenas de migrantes entram em Ceuta

Cerca de 400 migrantes da África subsaariana ultrapassaram a vedação que separa Marrocos de Ceuta.

Forçaram as portas em dois pontos da barreira de seis metros. Um assalto quase sem precedentes, durante o qual 103 migrantes ficaram feridos, 28 precisaram de ser hospitalizados. Dois elementos da guarda-civil também sofreram ferimentos, provocados por paus e pedras, informaram fontes do governo, citadas pela Televisão Espanhola (TVE).

A guarda civil e a polícia nacional montaram um dispositivo para fazer face à avalanche de imigrantes, que foram enviados para o Centro de Acolhimento Temporário de Imigrantes. O centro já conta com 1100 pessoas, mais do dobro da capacidade para 500 as.

Os migrantes vão agora ser processados e caso não exista motivo para asilo, serão repatriados.