This content is not available in your region

Síria: recomeça a evacuação de Aleppo

Access to the comments Comentários
De  Luis Guita
Síria: recomeça a evacuação de Aleppo

<p>A evacuação do reduto rebelde no Este de Aleppo foi retomada na noite de domingo, depois de ter sido suspensa na sexta-feira, disse à agência Reuters um oficial da <span class="caps">ONU</span> na Síria. </p> <p>A mesma fonte revelou que as primeiras pessoas saíram de Aleppo por volta das 11 horas da manhã. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr"><span class="caps">URGENT</span>: East <a href="https://twitter.com/hashtag/Aleppo?src=hash">#Aleppo</a> evacuations reportedly halted. Demand fleeing civilians are given a safe path out: <a href="https://t.co/BsB4UD2PTo">https://t.co/BsB4UD2PTo</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/SaveAleppo?src=hash">#SaveAleppo</a> <a href="https://t.co/OrDbncVvFg">pic.twitter.com/OrDbncVvFg</a></p>— AmnestyInternational (@AmnestyOnline) <a href="https://twitter.com/AmnestyOnline/status/809716926440214528">December 16, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Mais de 400 civis conseguiram sair da cidade. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Finally, 5 buses & 1 ambulance escorted by <a href="https://twitter.com/SARC_Aleppo"><code>SARC_Aleppo</a> & <a href="https://twitter.com/ICRC_sy"></code>ICRC_sy</a> just left dark & cold E <a href="https://twitter.com/hashtag/Aleppo?src=hash">#Aleppo</a>. Hopeful operation will proceed smoothly.</p>— Robert Mardini (@RMardiniICRC) <a href="https://twitter.com/RMardiniICRC/status/810611722830643200">December 18, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>A evacuação para zona controlada pelas forças governamentais foi confirmada pelo diretor regional do Comité Internacional da Cruz Vermelha, Robert Mardini. </p> <p>Entretanto, o Conselho de Segurança da <span class="caps">ONU</span> vota hoje uma resolução que prevê o envio de observadores para Aleppo, para monitorizar a retirada da população e a ajuda humanitária. </p> <p>O embaixador francês François Delattre indicou à comunicação social que os 15 países do Conselho de Segurança encontraram “um terreno de consenso” sobre um texto de compromisso, com o seu colega russo Vitali Tchurkine a considerar tratar-se “de um bom texto”. </p> <p>Segundo as Nações Unidas, mais de 40 mil pessoas continuam retidas em Aleppo.</p>