This content is not available in your region

Merkel associa-se a gestos de condolências pelas vítimas de Berlim

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Merkel associa-se a gestos de condolências pelas vítimas de Berlim

<p>O primeiro-ministro português, António Costa, foi um dos muitos líderes a enviar condolências à chanceler alemã, condenando o ataque ocorrido, segunda-feira, em Berlim, que matou 12 pessoas e feriu 48. </p> <p>Angela Merkel deslocou-se ao local da tragédia, acompanhada pelos ministros do Interior e dos Negócios Estrangeiros e pelo autarca de Berlim, para depositar flores e assinar o livro de condolências na histórica igreja arruinada daquela zona comercial. </p> <p>Os habitantes e turistas de Berlim também mostraram a sua solidariedade para com vítimas e suas famílias, depositando flores, velas e mensagens. </p> <p>Berlim junta-se a muitas outras cidades que ficam de luto devido a ataques terroristas contra civis inocentes. </p> <p>Em vários Parlamentos europeus foi observado um minuto de silêncio pelas vítimas, nomeadamente na Bélgica, cuja capital sofreu um ataque terrorista, em março passado. </p> <p>Os deputados espanhóis juntaram-se no exterior do Parlamento. </p> <p>A instituição francesa também se associou, recordando, sem dúvida, os ataques semelhantes que o país sofreu em Nice, em julho passado, e em Paris, em novembro de 2015.</p>