Última hora

Última hora

Netanyahu revê ligações às Nações Unidas

Depois de marcar a sua posição em comunicado, o Primeiro-ministro israelita voltou às críticas em relação à resolução aprovada na ON,U que exige o fim dos colonatos em territórios que a organização co

Em leitura:

Netanyahu revê ligações às Nações Unidas

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de marcar a sua posição em comunicado, o Primeiro-ministro israelita voltou às críticas em relação à resolução aprovada na ON,U que exige o fim dos colonatos em territórios que a organização considera pertenceram à Palestina.

Benjamin Netanyahu afirmou que vai rever as suas ligações com as Nações Unidas:

“Dei instruções ao ministro dos Negócios Estrangeiros para fazer, em um mês, uma reavaliação de todas as nossas ligações às Nações Unidas, incluindo o financiamento de Israel às instituições da ONU e à presença de representantes da organização em Israel”, referiu Netanyahu,

O Conselho de Segurança da ONU aprovou, esta sexta-feira, por unanimidade, 14 votos a favor e a abstenção dos EUA, uma resolução pelo fim dos colonatos israelitas na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental.

O facto de os EUA não terem vetado a resolução, como fizeram em 2011, não é bem visto por Netanyahu:

“E sexta-feira, em contraste total com o que era um compromisso, incluindo o compromisso explícito de Barack Obama em 2011, a administração norte-americana conduziu uma vergonhosa emboscada anti-Israel na ONU”, afirmou o chefe de governo israelita.

Quem se congratula com a tomada de posição das Nações Unidas são os palestinianos, para quem este é um passo importante para a solução de dois Estados.

Apesar deste volte face Netanyahu espera ansiosamente pela entrada “em campo” de Donald Trump que já lançou ameaças à ONU.