Última hora

Em leitura:

Venezuela: Parlamento debate moção contra Maduro que anuncia comando "antigolpe de Estado"


Venezuela

Venezuela: Parlamento debate moção contra Maduro que anuncia comando "antigolpe de Estado"

A tensão política na Venezuela mantém-se ao rubro. Enquanto o parlamento, dominado pela oposição, debate esta segunda-feira o abandono de Nicolás Maduro da função presidencial, o chefe de Estado anunciou no seu programa televisivo dominical a criação de um comando especial “antigolpe de Estado oligárquico e de direita”.

Também este domingo, Maduro revelou a decisão de aumentar em 50 por cento o salário mínimo, os ordenados da função publica, nomeadamente os dos professores, médicos, agentes da polícia e elementos das forças armadas, assim como das pensões de reforma.

Esta medida tenta salvaguardar a desvalorização dos salários relativamente à inflação. A taxa anual oficial de 2015 foi de 181 por cento. Não há dados oficiais para o ano passado mas a oposição afirma que a subida dos preços foi superior a 500 por cento.