Última hora

Última hora

França garante que não quer punir Reino Unido pelo Brexit

O ambiente não deve ser hostil, como pediu o Presidente da Comissão Europeia…mas já há pequenas trocas de palavras entre ministros dos Negócios Estrangeiros de Paris e de Londres, a proprósito do…

Em leitura:

França garante que não quer punir Reino Unido pelo Brexit

Tamanho do texto Aa Aa

O ambiente não deve ser hostil, como pediu o Presidente da Comissão Europeia…mas já há pequenas trocas de palavras entre ministros dos Negócios Estrangeiros de Paris e de Londres, a proprósito do Brexit.

“Digo claramente, não vão poder escolher o que querem. Caso contrário seria o fim da Europa. De qualquer forma, não se trata de punir o Reino Unido, quem fala de punir? Ouvi essa expressão dita pelo meu homólogo ontem. Essa não é a posição de França”. Esta foi então a resposta de Jean-Marc Ayrault, depois de Boris Johnson, numa visita à Índia ter dito que Paris queria, de alguma forma castigar Londres pela decisã de sair da União. “Se François Hollande quer aplicar um corretivo a alguém que tenta fugir, como nos filmes da Segunda Guerra Mundial…não me parece a melhor forma de avançar, acredito que não é do interesse dos nossos amigos e parceiros”, sublinhou o chefe da diplomacia do Reino Unido.

No Forum Económico Mundial em Davos, a primeira ministra britânica voltou a falar sobre a saída. Theresa May acredita que “o Reino Unido enfrenta um período de grande mudança. Ou seja, é preciso passar por uma negociação difícil e encontrar um novo papel para o país no Mundo. Mas é de todo o interesse do Reino Unido que a União se mantenha como uma organização de sucesso.

Mas antes ainda tem de ser acionado o artigo 50 do Tratado de Lisboa, para formalizar o processo de saída. Na próxima terça-feira o Supremo Tribunal Britânico deve decidir se será o governo ou parlamento a fazê—lo