Última hora

Última hora

Ataque no Quebeque: estudante franco-canadiano formalmente acusado

Um estudante universitário franco-canadiano é considerado o único suspeito do ataque contra uma mesquita da cidade de Quebeque e foi formalmente acusado do homicídio premeditado de seis…

Em leitura:

Ataque no Quebeque: estudante franco-canadiano formalmente acusado

Tamanho do texto Aa Aa

Um estudante universitário franco-canadiano é considerado o único suspeito do ataque contra uma mesquita da cidade de Quebeque e foi formalmente acusado do homicídio premeditado de seis pessoas. Identificado como Alexandre Bissonnette, de 27 anos, enfrenta também cinco outras acusações de tentativa de homicídio, que correspondem aos cinco feridos em estado grave na sequência do tiroteio.

Em visita ao local da tragédia, o primeiro-ministro Justin Trudeau afirmou que a comunidade muçulmana “enriquece de forma imensurável o país, que é também a sua casa. O crime horrível [deste domingo] contra a comunidade muçulmana foi um ato de terror contra o Canadá e todos os canadianos”. O chefe do governo canadiano prometeu ainda que o país “estará de luto, defenderá e estará lado a lado” com a comunidade muçulmana.

Um outro jovem de origem marroquina, identificado como Mohamed Kadhir, também tinha sido detido. Mas foi posteriormente libertado e é considerado como testemunha e não suspeito pelas autoridades, que acreditam agora que o ataque foi obra de um “lobo solitário”.