Última hora

Última hora

"Zelândia": Geólogos revelam oitavo continente ao largo da Austrália

Um oitavo continente poderá transformar em breve os atlas terrestres, entre as ilhas da Nova Zelândia e da Nova Caledónia, no sudoeste do Oceano Pacífico.

Em leitura:

"Zelândia": Geólogos revelam oitavo continente ao largo da Austrália

Tamanho do texto Aa Aa

Um oitavo continente poderá transformar em breve os atlas terrestres, entre as ilhas da Nova Zelândia e da Nova Caledónia, no sudoeste do Oceano Pacífico.

Um grupo de geólogos neozelandeses confirmou a existência do território submerso de mais de 4,5 milhões de Km2, cerca de dois terços da dimensão da Austrália.

Uma descoberta publicada no jornal da Sociedade de Geologia Americana.

Segundo Rupert Sutherland, professor da Universidade de Vitória:

“Este território existe há centenas de milhões de anos, mas foi descoberto agora pois encontra-se escondido sob o oceano”.

Segundo o geólogo, Nick Mortimer:

“É um pouco frustrante para nós geólogos que este território esteja sob o oceano. Se pudéssemos esvaziar os oceanos poderíamos ver as cadeias montanhosas e um grande continente assente sob o fundo dos oceanos”.

Segundo os cientistas, os movimentos tectónicos teriam separado o território da Austrália há 80 milhões de anos.

Depois de décadas de interrogações, o novo estudo parece confirmar a existência da “Zelândia”, graças aos progressos na análise da deriva dos continentes.

A Nova Zelândia seria, segundo o estudo, um dos picos mais altos do território.

Os cientistas esperam poder em breve incluir este oitavo continente nos planisférios terrrestres.