Última hora

Em leitura:

Lanche a meio do jogo deixa Wayne Shaw em apuros


Desporto

Lanche a meio do jogo deixa Wayne Shaw em apuros

Nunca se viu nada assim no Gander Green Lane, estádio do modesto Sutton United, que luta pela manutenção no quinto escalão do futebol inglês, e que esta segunda-feira esgotou para acolher o todo-poderoso Arsenal.

Dentro das quatro linhas, as estrelas pagas a peso de ouro dos Gunners deram conta do recado e venceram por 2-0, com golos de Lucas Pérez e Theo Walcott, marcando encontro com o Lincoln City nos quartos-de-final da Taça de Inglaterra.

No entanto, quem colocou o jogo nos olhos do mundo foi o guarda-redes suplente da equipa da casa, Wayne Shaw, de 45 anos de idade e que achou por bem fazer um pequeno lanche a meio do jogo por sentir o rato a roer.

Um gesto aparentemente inconsequente, mas que já levou à abertura de um inquérito da Federação Inglesa… é que havia uma causa de apostas que oferecia um prémio generoso caso o guardião de 127 quilos fosse apanhado a comer durante o encontro.

Shaw, que também ocupava o cargo de treinador de guarda-redes no clube, acabou por não resistir à polémica causada e pediu a demissão.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Desporto

Liga dos Campeões: Manchester City e Mónaco medem forças em duelo inédito