Última hora

Em leitura:

México: "Choronas" pedem justiça para 43 desaparecidos de Iguala


México

México: "Choronas" pedem justiça para 43 desaparecidos de Iguala

O México recordou, com lágrimas, os 43 estudantes desaparecidos há quase três anos, em setembro, na escola rural Ayotzinapa, na localidade de Iguala.

Dezenas de manifestantes desfilaram ontem na capital, vestidos como o mítico personagem da “chorona”, uma mulher fantasmagórica que, segundo a lenda, procura os filhos afogados no rio.

Os ativistas voltaram a pedir justiça para as vítimas, quando os familiares contestam a versão oficial dos acontecimentos e acusam as autoridades de tentar manipular a investigação.

Desde o desaparecimento, em 2014, que o inquérito prossegue, sem avanços sobre o paradeiro dos estudantes ou a responsabilidade do crime.

Segundo as autoridades mexicanas, os 43 jovens teriam sido entregues pela polícia a um grupo criminoso local que os teria morto e incinerado numa lixeira de uma localidade vizinha.

EUA: Marchas de apoio a Trump inflamam tensão com opositores em Berkeley

EUA

EUA: Marchas de apoio a Trump inflamam tensão com opositores em Berkeley